Fabricante de achocolatado indeniza famílias atingidas por substância

A PepsiCo, fabricante do Toddynho, afirmou em nota que disponibilizou um médico para atender as pessoas que passaram mal após consumir o produto. Para ter acesso ao atendimento, o consumidor deve entrar em contato com a empresa pelo Serviço de Atendimento ao Consumidor.

Nesta quinta-feira, a empresa foi autuada pela Vigilância Sanitária do Estado de São Paulo na fábrica de Guarulhos, onde aconteceram as falhas no processo produtivo do achocolatado.

Até ontem, 37 pessoas relataram ter ingerido Toddynho com conteúdo comprometido no Rio Grande do Sul --em 14 cidades. A maioria dos consumidores relata ter tido queimadura e feridas na boca, cólicas e náuseas. 



O acidente ocorreu porque para balancear o ácido do leite é adicionado soda caustica(base). Durante esse processo, a quantidade aplicada foi maior que o normal, causando a concentração menor de 2.5 na escala de pH.


A fabricante admitiu que houve falhas no processo produtivo em sua fábrica de Guarulhos (Grande São Paulo). O erro fez com que embalagens de Toddynho contivessem produtos de limpeza em vez de achocolatado. 
Leia mais em:
Link:

Atualizar


Imprimir


Ao comentar, o usuário está ciente sobre a Política de Privacidade