Homem é suspeito de matar a mulher com enxada e queimar o corpo


Um homem de 59 anos foi preso suspeito de matar a mulher, de 36 anos, a golpes de enxada, queimar o corpo e a residência em que os dois moravam, em Campo Grande, na noite de sábado (30). Segundo informações do boletim de ocorrência, registrado neste domingo (30) na Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário do bairro Piratininga, o marido negou o crime, disse que a vítima cometeu suicídio e que tentou salvá-la.
Quarto da casa ficou destruído depois do incêndio em Campo Grande (Foto: Aliny Mary Dias/G1 MS)
Vizinhos que prestaram depoimento confirmam que o casal brigou antes da morte. Uma dessas testemunhas, Everton Araújo, de 24 anos, disse que discussões entre eles eram frequentes. “Uma vez o homem guardou a moto dele em minha casa porque a mulher queria quebrá-la por causa de ciúmes”, afirma.

No entanto, Araújo e outros vizinhos não confirmam a versão do suspeito, inclusive de que ele teria tentado socorrer a mulher.

Peritos encontraram no local da morte a enxada, que tinha marcas de sangue, e um galão de combustíveis. Os objetos serão analisados para saber se foram usados no crime. O caso será investigado, a princípio, como homicídio qualificado.

Ainda conforme a polícia, em outubro de 2012 a mulher chegou a registrar um boletim de ocorrência por violência doméstica contra o marido, que será repassado ao delegado que responderá pelo inquérito.

Globo
Leia mais em:
Link:

Atualizar


Imprimir


Ao comentar, o usuário está ciente sobre a Política de Privacidade