Dilma diz que o ex-tucano Gustavo Fruet (PDT) será 'parceiro importante'

A presidente Dilma Rousseff afirmou, neste domingo, que o ex-tucano Gustavo Fruet (PDT), eleito prefeito de Curitiba, será "será um parceiro importante do governo federal".

A afirmação foi feita ao próprio Fruet, em telefonema para parabenizá-lo pela vitória na capital paranaense, segundo nota no blog do Planalto.

Durante a campanha, a parceria com o governo federal foi bandeira do hoje pedetista. Fruet prometeu implantar creches, hospitais e programas de combate ao crack, entre outros projetos, com recursos do Planalto.

Ex-deputado federal, ele conseguiu 60,65% dos votos válidos, contra 39,35% de seu concorrente, Ratinho Junior (PSC).

Fruet foi filiado ao PSDB até o ano passado. Era um dos líderes da oposição ao governo Lula e participou como relator da CPI que investigou o mensalão, em 2005.

Atritos com o governador Beto Richa (PSDB), porém, que o impediram de disputar a prefeitura pelo partido, fizeram com que Fruet deixasse o berço tucano. Sem nome forte para concorrer ao cargo, o PT levou o ex-deputado para suas hostes.

A vitória de Fruet, que ocorre após 24 anos de domínio por um grupo político ligado ao PSDB, pavimentou o caminho para a candidatura da ministra Gleisi Hoffmann (Casa Civil) ao governo do Paraná em 2014 --a vice dele é do PT.

A gestão de Curitiba será a principal vitrine para a provável candidatura de Gleisi ao governo do Paraná. O PT nunca governou o Estado nem a prefeitura.

Folha
Leia mais em:
Link:

Atualizar


Imprimir


Ao comentar, o usuário está ciente sobre a Política de Privacidade