Engenheiro cai de 13º andar de prédio em obras e morre em Águas Claras


peninsula

O engenheiro civil Eduardo Bueno Brunes, 37 anos, caiu do 13º andar (aproximadamente 60 metros) na manhã desta segunda-feira (15), de um prédio em construção no condomínio Península, em Águas Claras, região administrativa do DF. Ele morreu na hora. De acordo com o Corpo de Bombeiros, o homem teve traumatismo no crânio-encefálico e só foi identificado porque estava com documentos no bolso.

Ao chegar no local, os bombeiros já encontraram a vítima no solo com várias escoriações, possíveis fraturas e traumatismo. A área está isolada para perícia.

De acordo com o Sindicato dos Empregados da Construção Civil do DF, este ano já houve 12 mortes ligadas a canteiros de obras na capital. A morte do engenheiro seria 13ª.

Em agosto deste ano, cinco operários que trabalham no Estádio Nacional Mané Garrincha sofreram um acidente grave durante o processo de concretagem de uma laje. Uma viga teria se rompido devido ao peso do concreto, ainda fresco, colocado sobre ela e despencou atingindo os trabalhadores. Um deles chegou a ficar três horas sob os escombros, aguardando resgate, e foi levado ao hospital em estado grave.

Record
Leia mais em:
Link:

Atualizar


Imprimir


Ao comentar, o usuário está ciente sobre a Política de Privacidade