UnB destina 32,5 % das vagas a cotas a partir de 2013


O Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão (Cepe) da Universidade de Brasília aprovou nesta quinta-feira (11) a destinação de 12,5% das 4.184 vagas oferecidas pela instituição no vestibular e no PAS a estudantes de escolas públicas a partir de 2013. Além disso, 20% das vagas continuam reservadas a candidatos

Não houve voto contrário – foram 27 votos a favor e uma abstenção. A universidade aguarda a publicação do decreto do Ministério da Educação para publicar os editais dos próximos processos seletivos.

O decreto vai regular a Lei de Cotas, que destina 50% das vagas das instituições federais para estudantes que cursaram os três anos do ensino médio em escola pública. A lei determina que as universidades se adaptem até 2016, iniciando o processo imediatamente com pelo menos 12,5% das vagas.

De acordo com a UnB, metade das vagas da Lei de Cotas será para estudantes de baixa renda e a outra parte para estudantes de escolas públicas. O aluno deverá fazer a opção por qual sistema prefere concorrer.

A instituição também disse que a reserva de vagas para negros, instituída em 2004, será reavaliada em 2014. Já as 20 vagas para indígenas também não passarão por mudanças até 2014, por causa de um contrato da universidade com a Fundação Nacional do Índio (Funai).

Globo
Leia mais em: ,
Link:

Atualizar


Imprimir


Ao comentar, o usuário está ciente sobre a Política de Privacidade