Começa o 2º dia do julgamento do goleiro Bruno em MG

Começou por volta das 9h30 desta terça-feira o segundo dia do julgamento do goleiro Bruno e outros três réus acusados do desaparecimento e morte de Eliza Samudio, em junho de 2010.

Bruno e Macarrão chegaram ao fórum de Contagem, região metropolitana de Belo Horizonte, por volta das 8h45.

Devem ser ouvidas quatro testemunhas hoje. Entre elas está João Batista, caseiro do sítio do ex-goleiro do Flamengo em Esmeraldas (MG). As delegadas Alessandra Wilker e Ana Maria Santos, responsáveis pelas investigações do caso, também devem ser ouvidas hoje.

Dos cincos acusados, apenas quatro estarão no banco dos réus nesta terça-feira --Bruno, Luiz Henrique Romão (o Macarrão), Dayanne Souza (ex-mulher de Bruno) e Fernanda Castro (ex-namorado do goleiro).

Marcos Aparecido dos Santos, o Bola, foi excluído do júri e ganhou prazo de dez dias para apresentar novos advogados após a desistência de seus dois defensores, Ércio Quaresma e Zanone Oliveira, por não concordarem com o prazo estabelecido pela juíza para as considerações preliminares. O ex-policial recusou a indicação de um defensor público.

A nova data do julgamento de Bola ainda não foi marcada.

Folha
Leia mais em: ,
Link:

Atualizar


Imprimir


Ao comentar, o usuário está ciente sobre a Política de Privacidade