Mutirão promete zerar espera por ressonância magnética em seis meses

A Secretaria de Saúde do Distrito Federal anunciou nesta quinta-feira (8/11) a realização de mutirão para zerar a fila de espera por exames de ressonância magnética em até seis meses. Atualmente, 12.221 pacientes aguardam por um teste nos aceleradores lineares em Brasília. Dos três equipamentos à disposição da rede pública, apenas um, instalado no Hospital das Forças Armadas (HFA), está em funcionamento. Os aparelhos do Hospital de Base do DF (HBDF) e do Hospital Universitário de Brasília (HUB) estão quebrados.

A pasta firmou convênio com cinco instituições particulares para a realização dos exames e anunciou ainda que está encerrando licitação para a compra de outros três aceleradores para a rede pública. O novos equipamentos devem começar a atender a população até o fim deste ano. Ao todo, o GDF investirá R$ 8 milhões na mobilização.

Correio Braziliense
Leia mais em:
Link:

Atualizar


Imprimir


Ao comentar, o usuário está ciente sobre a Política de Privacidade