Polícia Civil encerra greve; sindicato diz que movimento não acabou

Os policias civis em greve decidiram em assembleia nesta segunda-feira (12/11), encerrar a paralisão de quase três meses e retornar imediatamente ao trabalho.

A decisão foi tomada após o Tribunal de Justiça do DF e Territórios (TJDFT) expedir sentença na última sexta-feira (9/11), obrigando a retomada dos trabalhos e serviços da Polícia Civil e a suspensão da greve.

Os policias deflagaram a greve em agosto, tendo como principal reinvindicação a reestruturação da carreira.

 (Daniel Ferreira/ CB/ DA Press

)

Na assembleia desta segunda, o presidente do Sindicato dos Policiais Civis (Sinpol/DF), Ciro de Freitas, enfatizou que a espectativa é de que o governo negocie. " Não veio proposta, isso não significa o fim. Nem a categoria, nem o governo cederam, então vamos continuar mobilizados. Esperamos que o governo aproveite o tempo para retomar as negociações", disse o presidente.

Uma nova assembleia foi marcada para o próximo dia 27, às 15h, em frente ao Palácio do Buriti.

Correio Braziliense


Leia mais em:
Link:

Atualizar


Imprimir


Ao comentar, o usuário está ciente sobre a Política de Privacidade