Guia: O que você precisa saber antes de comprar um iPhone, iPad, iPod ou Mac


Com as festas de final de ano cada vez mais próximas, resolvemos reunir todos os nossos especiais sobre o assunto para ajudar quem está em busca de um aparelho da Apple para presentar os entes queridos ou a si próprio. As opções incluem iPhone, iPad, iPod ou os computadores da linha Mac.

Lançados na última semana no Brasil, o iPhone 5 e o iPad 4 são as versões mais recentes do smartphone e do tablet da Apple. Apesar da chegada dos gadgets por aqui, o mercado brasileiro ainda não recebeu de forma oficial o iPad Mini, anunciado juntamente com a quarta geração do tablet há alguns meses nos EUA – no mercado paralelo, o aparelho com tela menor de 7,9 polegadas tem preços a partir de 1.400 reais.

Outro ponto que vale destacar é que os aparelhos da Apple costumam ter preços bem altos no Brasil. Em levantamento feito com diversos países que já comercializam o iPhone 5, descobrimos que o smartphone vendido aqui é o mais caro do mundo, com preços a partir de 2.400 reais na versão desbloqueada. Nos EUA, o aparelho custa cerca 1.500 reais, com os impostos locais.

Entre os Macs, os valores trilham o mesmo caminho, podendo chegar a 15 mil reais, caso do Mac Pro mais completo, por exemplo (configuração padrão). O mais novo iMac, com design ultrafino, sai por 1.200 dólares nos EUA, mas chega ao mercado brasileiro por salgados 6.200 reais – no modelo de entrada.

Já a quarta geração do iPad, lançada sem alarde na sexta, 14/12, custa a partir de 1.750 reais por aqui, 200 reais a mais do que a versão anterior na época do lançamento, em maio deste ano. Apesar do aumento, o preço do produto nos EUA continuou o mesmo, saindo a partir de 500 dólares. E o iPad 2 também não teve “refresco”, recebendo um aumento de 50 reais (modelo de 16GB, único à venda), quando o esperado era uma redução no valor.

iphone5_43503

IDGNOW!
Leia mais em:
Link:

Atualizar


Imprimir


Ao comentar, o usuário está ciente sobre a Política de Privacidade