Garota Verão de Santa Rosa em 2011 está entre vítimas de incêndio no RS


andressa facebook boate incêndio santa maria garota verão (Foto: Reprodução)

Bela, inteligente e ótima aluna. Essa era a definição de amigos sobre Andressa Ferreira, 18 anos, uma das vítimas confirmadas do incêndio na boate Kiss, em Santa Maria, que provocou a morte de pelo menos 232 pessoas neste domingo (27). Além de primeira da turma, a jovem ainda se destacava pela beleza. Ela representou Santa Rosa no Garota Verão de 2011, um dos mais tradicionais concursos do Rio Grande do Sul.

Andressa morava na cidade desde o ano passado, quando passou para o vestibular de medicina veterinária na Universidade Federal de Santa Maria (UFSM). Em 2011, a jovem se formou no ensino médio na Fundação Educacional Machado de Assis (Fema) de Santa Rosa.

Segundo o amigo Gabriel Garcia, 18 anos,Andressa era uma menina "muito carismática, inteligente, esperta, sempre a primeira da classe, querida e ótima". Os dois eram colegas desde a 8ª série e se separaram no último ano, quando Andressa optou pela veterinária em Santa Maria e Gabriel pelo jornalismo em Ijuí.

Sobre o Garota Verão, o amigo revela que, apesar de ter conquistado a chance de representar sua cidade e chegar à final de Capão da Canoa, nunca quis seguir a carreira. "Ela nunca chegou a trabalhar como modelo", afirmou Gabriel ao G1.

Segundo informações preliminares, o fogo na casa noturna teria começado por volta das 2h30, depois que o vocalista da banda que se apresentava teria feito uma espécie de show pirotécnico, usando sinalizador.As faíscas teriam atingido a espuma do isolamento acústico no teto da boate e iniciado o fogo, que se espalhou em poucos minutos.

Uma força-tarefa está sendo feita para identificar os corpos. Os corpos das vítimas foram levados ao Centro Desportivo Municipal de Santa Maria. Aos poucos, os familiares estão sendo liberados em grupos para reconhecer as vítimas. Muitas pessoas que estão recebendo a notícia têm se desesperado, precisando de atendimento psicológico e médico no local.

Cães farejadores foram enviados à boate onde ocorreu a tragédia para tentar localizar outros corpos. O número de pessoas que estavam na boate ainda não foi confirmado. A festa reunia estudantes da Universidade Federal de Santa Maria, dos cursos de Pedagogia, Agronomia, Medicina Veterinária, Zootecnia e dois cursos técnicos.

Globo
Leia mais em: ,
Link:

Atualizar


Imprimir


Ao comentar, o usuário está ciente sobre a Política de Privacidade