Bombeiros controlam incêndio no Ministério das Comunicações

Falha no sistema elétrico seria a causa do fogo, segundo informações preliminares (Iano Andrade/CB/D.A Press)
Falha no sistema elétrico seria a causa do fogo, segundo informações preliminares. Foto: Correio Braziliense
Segundo o Centro de Atendimento e Despacho do Corpo de Bombeiros (Ciade), o primeiro chamado foi registrado às 17h14 desta terça-feira (19/2). Treze viaturas dos bombeiros foram encaminhada para conter o princípio de incêndio. Os funcionários tiveram de deixar as instalações do prédio. Ainda segundo o Ciade, as chamas ficaram concentradas no 3º e 4º andar, mas a fumaça tóxica se espalhou pelos dutos de ventilação e também pelas escadas. A Defesa Civil interrompeu de avaliação da estrutura do prédio no início da noite. Os trabalhos devem ser retomados nesta quarta-feira (20/2).

Uma pessoa teria passado mal e outra chegou a cair da escada durante o esvaziamento do prédio. "A suspeita é de que o incêndio teria começado em gerador de energia da Companhia Energética de Brasília (CEB), no segundo subsolo", informa o Coronel Mauro Sérgio de Oliveira, do Corpo de Bombeiros. A CEB confirmou, via assessoria de imprensa que a causa do princípio de incêndio foi falha na subestação de energia. A companhia ainda investiga o que teria ocasionado o problema.

De acordo com o Corpo de Bombeiros, por volta de 18h não havia mais fumaça no edifício. Militares fazem varredura nas instalações para averiguar se não há pessoas que não conseguiram escapar. Servidores aguardam liberação dos bombeiros para buscar pertences que ficaram no prédio.

Correio Braziliense
Leia mais em:
Link:

Atualizar


Imprimir


Ao comentar, o usuário está ciente sobre a Política de Privacidade